A importância de codificar os princípios da sua cultura de gestão

Este é um trencho extraído do Capítulo 15 do livro "The 3G Way: Dream, People, and Culture", escrito pelo nosso cofundador Francisco S. Homem de Mello, onde é discutida a prática, presente em todas as principais culturas empresariais do mundo, de codificar e repetir, intensamente, princípios e regras que definam um padrão de comportamento para os funcionários:

______________________________________________________________

Os Mandamentos

Os mandamentos da cultura de Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira são famosos, e circulam por e-mails entre executivos e empresários há muitos anos. O importante dos mandamentos é a forma com que eles resumem, de maneira extremamente simples de entender (e visualizar em prática) todo o conjunto de práticas de gestão aplicadas em suas empresas.

Apenas o fato de o trio ter gastado tempo e esforço para codificar e formalizar sua cultura em mandamentos na década de 80 já é um forte indicador da sua visão, além da importância que desde sempre deram à sua cultura.

Além disso, os mandamentos tem uma importância enorme de reforço da cultura do trio. São repetidos com frequencia, e acabam virando um guia de como se comportar nas diversas situações por que passam seus executivos diariamente.

Os dezoito mandamentos originais do Banco Garantia hoje são apenas dez, no caso da AB InBev e AmBev (de onde extraímos os mandamentos em português). Mas mesmo a versão resumida aplicada pela cervejaria resume bem as preocupações iniciais dos empresários.

Além dos mandamentos do Garantia, e de sua evolução na AmBev e AB InBev, optamos por incluir aqui os princípios que codificam as culturas das outras grandes empresas que influenciaram o trio. A semelhança e a quantidade de pontos em comum entre todas essas culturas extremamente bem-sucedidas é impressionante, como pode se observar facilmente:

 

Os dezoito mandamentos dos tempos de Garantia

1.     Um sonho grande e desafiador faz todo mundo remar na mesma direção.

2.     O maior ativo da empresa é gente boa, trabalhando em equipe, crescendo na medida de seu talento e sendo recompensada por isso. A remuneração tem que estar alinhada com os interesses dos donos.

3.     Lucro é o que atrai investidores, gente boa e oportunidades, mantendo a máquina rodando.

4.     Foco é essencial. Não dá para ser ótimo em tudo. É preciso concentrar-se no essencial.

5.     Tudo tem que ter um dono, com responsabilidade e autoridade. O debate é bom, mas, no final, alguém tem que decidir.

6.     Bom senso é tão bom quanto grandes conhecimentos. O simples é melhor que o complicado.

7.     Transparência e fluxo de informações facilitam decisões e minimizam conflitos.

8.     Escolher gente melhor do que si mesmo, treiná-las, desafiá-las e mantê-las é a principal tarefa dos administradores.

9.     A liderança por exemplo pessoal é vital, tanto nas atitudes heróicas como nos pequenos gestos do dia-a- dia.

10.  Sorte é sempre resultado de suor. Tem que trabalhar muito, mas com alegria.

11.  As coisas acontecem na operação e no mercado. Tem que gastar sola de sapato.

12.  Ser paranóico com custos e despesas, que são as únicas variáveis sob nosso controle, ajuda a garantir a sobrevivência no longo prazo.

13.  A insatisfação permanente, a urgência e a complacência zero garantem a vantagem competitiva duradoura.

14.  A inovação que agrega valor é útil, mas copiar o que já funciona bem é normalmente mais prático.

15.  A discrição corporativa e pessoal só ajuda. Aparecer, só com objetivo concreto.

16.  Aperfeiçoamento, melhora e educação são esforços constantes e devem integrar nossa rotina.

17.  Nome, reputação e marcas são ativos valiosíssimos que se constroem em décadas e se perdem em dias.

18.  Malandragens e espertezas destroem uma empresa por dentro. A ética compensa no longo prazo.

 

Os dez mandamentos da AB InBev

1.     Ser a melhor empresa de bebidas do mundo, unindo as pessoas por um mundo melhor.

2.     Nossos funcionários são o bem mais valioso da companhia. E são recompensados na mesma velocidade de suas conquistas.

3.     Avaliamos nossos líderes pela qualidade e desenvolvimento profissional dos integrantes de suas equipes.

4.     Nunca estamos completamente satisfeitos com os nossos resultados, que são o combustível da nossa empresa. Foco e inquietação a mudam a garantir uma vantagem competitiva e duradoura.

5.     Nosso relacionamento com os consumidores une tradição e inovação, e acontece por meio de experiências relevantes das nossas marcas e o incentivo ao consumo responsável.

6.     Fazemos cada funcionário se sentir dono do negócio. E donos assumem resultados pessoalmente.

7.     Acreditamos que bom senso e simplicidade orientam melhor do que sofisticação e complexidade.

8.     Gerenciamos nossos custos de maneira inteligente, a fim de liberar mais recursos para potencializar nosso crescimento no Mercado.

9.     Liderança pelo exemplo pessoal é o melhor guia para nossa cultura. Jogamos com transparência e fazemos o que falamos.

10.  Integridade, trabalho duro e consistência são a chave para construir nossa companhia. Sem atalhos.