Feedback positivo, desenvolvimento e inovação

Manter tanta gente motivada a fazer o seu melhor envolve uma série de programas e sistemas que desenvolvemos no Wal-Mart ao longo dos anos, mas nenhum deles funcionaria sem uma coisa muito simples que junta tudo: reconhecimento. Todos nós gostamos de ser elogiados. Então o que praticamos na empresa é procurar comportamentos que possamos elogiar. Busque coisas que estão dando certo. Queremos que nossa turma saiba quando estiver fazendo um trabalho excelente, e que saiba que são importantes para nós.
— Sam Walton, fundador do Wal-Mart, em Made in America

Feedback positivo e elogios são grandes drivers de engajamento. A Gallup, autoridade em clima e cultura, identificou que um dos doze maiores drivers de engajamento de um ambiente profissional é ter recebido algum tipo de reconhecimento nos últimos sete dias de trabalho.

No entanto, poucas empresas fazem um bom trabalho ao dar ferramentas - treinamento, plataforma, programas de incentivo - para que seus colaboradores troquem feedbacks positivos - elogios - de maneira construtiva. Vamos a alguns dados assustadores:

  • Apreciação e reconhecimento são o principal driver de “felicidade no trabalho” (BCG, 2014)
  • Reconhecimento é consistentemente identificado como um top driver de engajamento (Aon Hewitt, 2012)
  • 65% dos Americanos declara não ter sido reconhecido por um bom trabalho no ano de 2011 (Bersin, 2012)
  • 33% dos Americanos declara não ter sido reconhecido por um bom trabalho nos últimos sete dias (Gallup, 2016)

Se você quiser mais dados sobre isso, temos um artigo sobre 8 estatísticas matadoras sobre reconhecimento.

Feedback positivo, elogio e reconhecimento: qual a diferença?

O feedback positivo, o elogio e o reconhecimento podem ser a mesma coisa se forem feitos com qualidade. Pra gente aqui da Qulture.Rocks, qualidade no feedback positivo significa dar contexto, ser específico, e, principalmente, ligar o feedback a comportamentos e objetivos estratégicos (como valores da cultura e metas da empresa).

Chamamos esse tipo de feedback positivo de "reconhecimento estratégico". O reconhecimento que reforça os comportamentos desejados e estratégicos para a organização.

Uma nuance do feedback positivo é que ele pode ser privado ou público. Idealmente, o feedback positivo público é muito útil, pois eleva a auto-estima do colaborador que está o recebendo mas, mais importante, educa os outros colaboradores em relação aos comportamentos corretos e esperados dentro da organização.

Na plataforma Qulture.Rocks, colaboradores da empresa podem trocar feedbacks positivos e elogios estratégicos (ligados aos valores da empresa), e que ficam visíveis em um mural para todos os colegas.

Feedback positivo e inovação

Além de gerar engajamento, motivação e reforçar uma cultura de alta-performance, o feedback positivo gera segurança psicológica: segurança psicológica é garantir que o funcionário esteja em um ambiente (seja ele a empresa, um time ou departamento) em que seja emocionalmente “seguro” falhar e errar (um ambiente “where it is safe to fail”). Ou seja, é sentir a tranquilidade de que um eventual erro decorrente de assumir um risco não seja sinônimo de stress e ansiedade. Em artigo do New York Times que tratava do tema de segurança psicológica no Google, o jornal descreveu um projeto do laboratório de inovação de gente do Google que, inspirado na literatura acadêmica sobre o tema, buscou identificar fatores correlacionados com a dita segurança psicológica nos times da empresa. O resultado? Times onde elogios são trocados de maneira livre e aberta apresentavam segurança psicológica significantemente maior do que os outros. 

"Podemos ousar dizer que um ambiente de trabalho onde feedbacks positivos são livremente trocados incentiva a inovação e a tomada de riscos calculados com novas idéias, projetos e opiniões."

Nesse contexto, podemos ousar dizer que um ambiente de trabalho onde feedbacks positivos são livremente trocados incentiva a inovação e a tomada de riscos calculados com novas idéias, projetos e opiniões.

Como receber um feedback positivo?

Muita gente não sabe receber um feedback positivo: ou não refletem sobre o elogio e suas implicações, ou simplesmente minimizam-no como pouco importante. Todos lembramos de ter respondido “imagina, não foi nada” a um elogio, não é verdade? Mas saber receber um feedback positivo é importante para de desenvolver profissionalmente.

"Todos lembramos de ter respondido 'imagina, não foi nada' a um elogio. Mas saber receber um feedback positivo é importante para se desenvolver profissionalmente."

Em primeiro lugar, é importante largar o “imagina, não foi nada”, e passar a adotar o “obrigado(a)” como regra. Absorva o elogio, fique contente e orgulhe-se de estar fazendo algo tão bem a ponto de atrair reconhecimento. 

Em segundo lugar, aprenda com o feedback positivo. Faça perguntas abertas que extraiam do elogiador o máximo possível de informações. Pergunte os porquês, e o impacto do seu comportamento no trabalho da pessoa e do grupo. 

Em terceiro lugar, é importante usar os feedbacks positivos que você recebe ao longo do tempo para fins de auto-conhecimento: provavelmente, os temas recorrentes nos elogios são suas forças, que podem ser cultivadas para obtenção de todo o seu potencial profissional.

O papel do gestor

O papel do gestor é de um lado garantir que o funcionário identifique seus pontos fortes, reflita se os pontos fortes são sobrepostos às suas paixões no trabalho, e se sim, que sirvam de direcionamento para que o funcionário invista seu tempo e esforço na área. Ao desenvolver um plano de ação focado nas forças, o gestor ajuda seu reporte direto a trabalhar de maneira mais inteligente, maximizando seu potencial em vez de “remar contra a maré” das suas áreas de dificuldade.

De outro lado, o gestor deve tomar cuidado para que o feedback positivo não seja enterrado debaixo de um feedback sanduíche (em que um feedback de melhoria é embalado por elogios). Se o uso do sanduíche for abusado, o receptor do elogio mal ouvirá o reconhecimento em antecipação ansiosa à “bomba" que está por vir. Portanto, separe feedbacks positivos de feedbacks negativos para que cada um sirva plenamente seu potencial.

Para saber como a Qulture.Rocks pode ajudar a implementar uma cultura de elogios e feedbacks positivos, conheça nossa nova feature: os Elogios no Qulture.Rocks.

---------------------

Gostou? Temos muitos recursos sobre feedback positivo, elogios e reconhecimento.