Aprendendo o be-a-bá das OKRs

Achamos que OKRs são a forma mais interessante de alinhar todos os funcionários na mesma direção, incentivando o "stretch" profissional, e o esforço em direção a um sonho comum. No entanto, OKRs podem parecer um tema confuso, cheio de especificidades, e com poucas informações e recursos na web. A boa notícia é que nós da Qulture.Rocks adoramos explicar coisas confusas de uma maneira simples, e pra isso criamos essa página pra que você entenda, de uma vez por todas, o que são essas tais de OKRs.

 

1. Leia nosso texto "What are OKRs: An intro for startups"

Você aprenderá que OKRs podem ser executadas de algumas formas diferentes, mas que em sua essência, têm o seguinte formato básico:

Objective

Aprender a cozinhar o suficiente para fazer um jantar para 5 amigos até dia 10 de Setembro

Key Results

  • Comprar e ler "The Four-hour Chef" de Tim Ferris até o fim de Junho
  • Me inscrever num curso básico de culinária até a segunda quinzena de Julho e terminá-lo
  • Cozinhar um jantar para meus pais em casa até 15 de Agosto
  • Aprender a manusear bem uma faca de cozinha (cortes básicos - julienne, etc) até o fim de Agosto

 

2. Assista ao vídeo de Richard Klau, sócio do Google Ventures

Não gosta de assistir a vídeos? Não quer ser visto assistindo ao Youtube no trabalho? Leia a transcrição em texto aqui.

Google Ventures Startup Lab | GV partner Rick Klau covers the value of setting objectives and key results (OKRs) and how this has been done at Google since 1999. Understand the key attributes of effective OKRs and how to apply them in your own organization. Blog post: http://gv.com/1322

 

3. Leia nosso texto "A Brief History of OKRs"

Você verá que as OKRs são uma derivação do sistema de gestão por metas criado na década de 60 pelo guru da gestão Peter Drucker, e transformado nos anos 80 por Andy Grove, ex-CEO da Intel, que transformou o método anterior, conhecido como MBO (management by objectives) em algo mais dinâmico (ciclos trimestrais ao invés de anuais), colaborativo (OKRs são públicos por toda a empresa) e gerados de baixo para cima (funcionários criam suas OKRs inspirados nas OKRs da empresa e do CEO, ao invés de terem suas metas "enfiadas guela abaixo" por seus supervisores.

 

4. Sobraram dúvidas? Dê-nos seu email e ficaremos felizes de fazer um call rápido para discutir o método com você!